PABX em nuvem e a importância das plataformas multi-tenant

Tempo de Leitura: 3 minutos

Os serviços em nuvem crescem a medida que tanto o usuário residencial quanto o empresarial acostumam-se com as facilidades de acessar seus conteúdos e serviços de qualquer lugar e de qualquer plataforma, como a MULTI-TENANT.  

Essa revolução que vivemos atualmente teve seu início por volta dos anos 2000, com os primeiros movimentos de empresas transformando softwares em serviços ou o SaaS (Software as a Service). Acontece que naquela ocasião a infraestrutura de serviços era baseada no que chamamos de SINGLE TENANT ou único inquilino, ou para melhor entendimento, veja o diagrama abaixo:

Modelo Single Tenant

Os benefícios gerados para quem contratava esse tipo de solução eram enormes, pois terceirizava-se não só as aplicações desenvolvidas como também toda a infraestrutura necessária para manter tudo funcionando (data center, link de Internet, servidores, backup, atualizações de software entre outros).  

O modelo de negócio nesse formato também beneficiava o prestador de serviços que começou a ganhar escala no modelo de SaaS, mas foi justamente a escala que gerou os novos gargalos de crescimento, pois o fornecedor tinha para cada cliente um servidor, um código fonte, um sistema e uma série de questões:

  • Como administrar inúmeros clientes?
  • Como administrar inúmeros servidores individualizados?
  • Como manter as versões de todos os servidores atualizadas?
  • Como efetuar backup de todos os servidores?

Um ponto que ressaltamos é que a grande maioria das operadoras de PABX EM NUVEM possui ambiente SINGLE TENANT, o que não é recomendável para ambiente SaaS e ainda agrava a situação. Para reduzir seus custos, hospedam vários inquilinos no mesmo servidor e utilizam apenas um banco de dados. E o que ocorre na prática?

Se você já tem um inquilino usando uma faixa de ramal, por exemplo do 1.000 ao 2.000, nenhum outro pode usar essa mesma faixa. Já tivemos relatos de um inquilino ou uma empresa ligar para o ramal 1001 da sua faixa e tocar no ramal de outro inquilino ou de outra empresa detentora da mesma faixa de ramais.

Modelo Multi-Tenant

Quando observamos o diagrama acima entendemos que esse é o melhor modelo, pois os clientes têm acesso apenas a uma aplicação com as suas bases de dados apartadas. A questão é que, apesar de parecer uma simples arquitetura de sistema, o processo de desenvolvimento é bem complexo.

Para não fugirmos do objetivo do artigo, e quando trazemos essa discussão para ambientes de serviços SaaS de PABX – mais conhecidos como PABX VIRTUAL, PABX EM NUVEM ou PABX CLOUD – a pergunta que fica é:

Quais as vantagens de contratar uma operadora com ambiente MULTI-TENANT?

  • Agilidade na implementação de novas versões na plataforma de uma só vez ao invés de aplicar inquilino por inquilino;
  • Adesão de novos inquilinos ou clientes de maneira rápida;
  • Escalabilidade da plataforma;
  • Certeza de hospedar inquilinos com bases de dados separadas;
  • Liberdade da escolha da faixa de ramais sem conflito com outros inquilinos.

É praticamente impossível ter uma operação de PABX EM NUVEM onde o ambiente não seja MULTI-TENANT, seja para o inquilino ou mesmo para a prestadora que também se beneficia em aspectos de custos de investimento de hardware, operação, agilidade, gestão.

Todas as grandes empresas das quais consumimos serviços em nuvem (Google, Spotify, Facebook, Salesforce, dentre outras) possuem plataformas MULTI-TENANT e isso explica a simplicidade na contratação, resolução de falhas, atualizações de versões e escala nos negócios dessas empresas.

O que queremos dizer com esse artigo é que, telefonia corporativa é coisa séria, é a sua empresa, são os seus negócios, é o seu número de telefone ativo para o mundo que está em jogo. Apesar do título dessa publicação falar de um assunto que é altamente técnico e não aparecer no momento da contratação, sabemos que é fundamental na escolha de sua nova operadora.

Qual a nossa sugestão na hora da contratação da sua nova operadora? Pergunte qual a plataforma utilizada, peça o nome do desenvolvedor, versão utilizada, site do desenvolvedor, pesquise para aferir se é isso realmente e envolva seu pessoal de TI na decisão.

Prover serviços de PABX EM NUVEM não é apenas mover o seu PABX LOCAL para um data center com link de Internet, é muito mais do que isso.

Gostou do artigo?  

Entre em contato conosco.

Somos IUNGO.

Gostou desse artigo? Assine nossa news!

 Receba atualizações, dicas e artigos focados no sucesso do seu negócio.

logo iungo

SÓ 1 MINUTINHO...

Fale com um especialista. Preencha o formulário e leve liberdade e mobilidade para a sua empresa!