0800 878 8136

Comportamento do consumidor: O que é e como entender

Tempo de Leitura: 5 minutos

Estamos vivendo em um contexto onde as diferentes mídias se encontram e o poder do público passa a interagir com o poder dos produtores de conteúdo, influenciando o comportamento do consumidor. 

Esta convergência de mídias está presente nos conteúdos produzidos para diversas plataformas e também se refere às transformações culturais e sociais, que influenciam no modo como as pessoas vão consumir esses materiais. 

Assim, a circulação das informações não está apenas nas mãos dos agentes da comunicação ou marketing, ela também depende da participação do público, nesse caso, dos consumidores. 

Os estudos sobre a convergência de mídias, a cultura participativa e a inteligência coletiva não são novidades no mercado. Desde meados do ano 2000, pesquisadores da comunicação abordam esses temas ao falar sobre o comportamento do consumidor. 

Pensando nisso, produzimos para você esse material, onde pretendemos entender um pouco do comportamento do consumidor em 2023 e a importância dessa compreensão para o seu negócio.

 

 

O que é comportamento do consumidor? 

O comportamento do consumidor tem a ver com as influências, percepções e atitudes do público, que juntos o levam para a tomada de decisão: a compra. 

Assim, esse comportamento seriam os hábitos e preferências do público, que podem ser analisados em grupos e levando em consideração uma determinada marca, produto ou serviço. 

As empresas que decidem implementar esse estudo na sua gestão, procuram compreender melhor os seus clientes e satisfazer completamente as suas necessidades, suprindo as suas expectativas. 

A análise do comportamento do consumidor deve ser baseada em pesquisas, pois existem diversos fatores que influenciam o seu comportamento, questões internas e externas, seja de cada indivíduo ou grupo social.

 

 

A influência da cultura participativa 

A cultura participativa refere-se à produção de conhecimento e o compartilhamento de informações por parte de todos os indivíduos e não mais centralizada nas mãos dos produtores. 

Com o surgimento da Internet, o público se distanciou da passividade e tornou-se também produtor de conteúdo, criando uma audiência interativa. 

Sendo assim, os consumidores querem conteúdos diversificados, que prendam a sua atenção com dicas ou informações relevantes, que os conectam e demonstram a relevância da marca. 

O material precisa ser interativo, pois é uma maneira da sua marca ficar registrada na memória do consumidor, se destacando das demais. 

Uma pesquisa realizada pelo Content Marketing Institute (CMI), demonstra que o conteúdo interativo entrega 52,60% mais engajamento para as empresas do que outros materiais. 

Isto mostra a importância desse tipo de conteúdo para o destaque das marcas no mercado, seja para encantar os clientes ou atrair novos consumidores. 

Sendo assim, a interatividade é uma parte que integra o comportamento do consumidor e o que ele espera das empresas para 2023. 

Utilizar da cultura participativa na sua empresa contribui para a construção de relacionamento e conexão com os clientes e com o público-alvo, pois permite que o consumidor escolha a melhor forma de absorver o seu conteúdo. 

Assim, as pessoas sentem que a opinião delas é importante para a sua marca, além de se sentirem parte da empresa e não apenas um número externo. 

 

  

 

Como entender o comportamento do consumidor? 

O comportamento do consumidor pode ser norteado por perguntas como: onde e por que? Procurando abordar o momento que o cliente toma a decisão de se relacionar e fazer negócio com aquela determinada marca. 

A análise desse comportamento é muito mais complexa, mas pode ter seu início nessas duas questões essenciais e, então, utilizar de ferramentas e técnicas para processar e analisar os dados de interesse e interação dos usuários. 

Além disso, de uma maneira geral, o comportamento do consumidor é influenciado por alguns fatores que fazem parte da sua rotina, são eles: 

  • Sociais; 
  • Culturais; 
  • Pessoais; 
  • Psicológicos;
  • Demográficos;
  • Situacionais (fatores ambientais temporários). 

Dados como estes também devem estar na análise de comportamento do público, sejam estudos sobre o consumidor em geral ou pesquisas realizadas internamente na sua empresa, onde você procura traçar o comportamento do seu público-alvo. 

Para compreender o comportamento do consumidor é necessário medir as estratégias de divulgação implementadas na sua organização, monitorando as mídias sociais e outros meios que você compartilha o seu conteúdo.

 

 

Além disso, esse monitoramento pode contribuir para você ficar por dentro das tendências de consumo do público e entender o comportamento do consumidor em geral. A realização de pesquisas de mercado continua sendo indispensável. 

Acima de tudo, a sua marca deve ouvir os próprios clientes, pois a análise dos consumidores que já têm um relacionamento construído com a sua empresa contribui para entender melhor o seu público. 

Isto ajuda na compreensão do motivo da decisão de compra, do que levou a construção de conexão do cliente com a sua organização e os principais motivos da fidelização do consumidor com a sua marca. 

 

Qual é o comportamento do consumidor atual? 

Podemos observar que, além das questões de interatividade, o público também quer ver a relação das marcas com a diversidade, a inclusão e questões sociais relevantes para a sociedade em geral. 

De acordo com um estudo elaborado pela Adobe, 38% do público escolhe se relacionar com marcas que trabalham a diversidade externa (divulgação) e até internamente (equipe). Além disso, outra pesquisa aponta que 86% do público prefere que os sites e as lojas virtuais sejam mais acessíveis. 

Os dados comprovam a importância das causas sociais, no âmbito que for, para o consumidor atual. Não é a atoa que o social é um dos pilares da ESG – Environmental, Social and Governance –, sendo uma prática que reúne políticas ligadas ao meio ambiente, a responsabilidade social e a governança. 

Os clientes que se identificam e conectam-se com a marca tendem a comprar novamente. Eles até se tornam promotores da empresa, recomendando aos amigos e fornecendo feedbacks positivos que contribuem para a reputação no mercado. 

Isto cria, até mesmo, uma relação de confiança entre o consumidor e a organização. A proteção de dados é uma pauta importante não só para os consumidores, como para as empresas. Ao sentir que a marca se importa com o público, os consumidores também atrelam esse sentimento a confiança e a segurança.

 

 

A importância para as empresas 

Compreender o comportamento do consumidor é fundamental para o direcionamento de um negócio. Isto auxilia as marcas a oferecerem experiências relevantes e diferenciadas, de acordo com os desejos do público. 

Quando uma empresa reconhece as necessidades, entende os desejos e dores do seu cliente, consegue direcionar os seus recursos, sejam eles comunicacionais ou não, de acordo com as demandas dos seus consumidores. 

Com isso, torna-se mais fácil atingir o público-alvo da sua empresa e se relacionar com esses consumidores, consolidando a marca no mercado. Isto está ligado a construção de reputação, que é a imagem que o seu negócio tem para a sociedade. 

No fim, isto contribui até mesmo para a elaboração de um fluxo de vendas específico para o seu negócio, que compreende qual a tomada de decisão do consumidor com a sua empresa, oferecendo uma experiência ao cliente personalizada. 

 

Conclusão 

O comportamento e as preferências do consumidor estão em constante transformação. Não é de hoje que observamos esta mudança, os estudos sobre a cultura participativa demonstram isto. 

Por isso, é fundamental que as empresas acompanhem os estudos sobre o comportamento do consumidor e mantenham-se informados sobre os caminhos que devem tomar e, assim, definir as suas estratégias. 

Neste momento, é essencial que as marcas construam conexão com o público. Isto pode ser feito através da produção de conteúdo de qualidade, que tenha a interatividade como abordagem, não deixando de educar e informar o consumidor. 

Além disso, a questão da acessibilidade no ambiente digital é uma pauta em alta e integra as preocupações do público. Assim como a responsabilidade social, com o posicionamento e envolvimento das empresas com questões sociais as quais estão inseridas ou que são relevantes para toda a sociedade. 

A inclusão e a diversidade é uma forma de identificação, ou seja, o consumidor começa a construir o seu relacionamento com determinada empresa através dessas abordagens e permanece nessa construção pelos demais fatores. 

A importância de realizar ações como estas na sua empresa e de compreender o comportamento do consumidor está, literalmente, na permanência e crescimento da sua marca no mercado. 

 

Somos IUNGO, Somos VOCÊ!

Gostou desse artigo? Assine nossa news!

 Receba atualizações, dicas e artigos focados no sucesso do seu negócio.

logo iungo

EI, NÃO VAI EMBORA NÃO!

Preencha o formulário e garanta o TESTE GRÁTIS POR 7 DIAS!